Exposição “Pérolas”

perolas 1

perolas 3

Por: Daniela Saddi

Com uma ideia inovadora, a exposição de pérolas exibida na FAAP me trouxe um grande conhecimento sobre as tais. A maioria das pérolas surgem de um parasita na concha, no qual pode ser danificado durante o desenvolvimento. O parasita então tira do lugar as células que compõem a concha formando um cisto do mesmo material da concha, assim formando uma pérola. Entretanto, este acontecimento é raro e milhares de conchas devem ser pescadas para conseguir uma “lembrança” dentro delas. A exposição apresentava vídeos de pescas de conchas e a seguir enormes baldes com milhares de pérolas de diversos tamanhos e cores encontrados na pesca e no comércio no Golfo Pérsico, Europa e Ásia.

A exposição mostra o uso das pérolas ao longo dos séculos, tanto no Oriente quanto no Ocidente, como um símbolo de reconhecimento e patrimônio, as variações de gostos entre as culturas e as mudanças no planejamento das peças que iam de joias à pérolas. Coroas e colares feitos de peças naturais ou cultivadas, estavam expostos e haviam sido utilizado por uma realeza anteriormente. A pérola era um símbolo de Jesus (perfeição) e de Maria (pureza). Reis e rainhas europeus usavam as tais para evidenciar seu papel de protetor da religião em seu reino, sendo assim, um incentivo para que o Islã também adotasse a pérola acreditando que a perfeição espelhava a imagem de Deus.

Uma coleção de pérolas difíceis de achar e de moluscos portadores de pérolas, indica como as pérolas do Golfo têm sido algumas das mais procuradas e preciosas do mundo. Hussain Alfardan, antigo pescador de conchas, é o último dos grandes negociantes de pérolas do Golfo Pérsico, e relata que ninguém consegue competir com ele em termos de conhecimento da extração de pérolas.

A segunda parte da exposição apresenta as pérolas em joias e realça as mudanças do design ao longo da história. No entanto, a mostra desenvolve um olhar presente e futurístico onde espelha a modernidade, enfatizando o trabalho contemporâneo realizado pelos designers de hoje. Entre eles, o japonês Mikimoto que com a tecnologia, desenvolveu uma pérola que seja mais acessível para o bolso de uma mulher.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s